8.11.2014

Eu não posso ser domado, e você também não!


Oi realezas, tudo bom?. Queria começar esse post agradecendo a todos que entenderam e de alguma forma apoiaram (ai draminha) a minha volta aqui no blog, e eu queria esclarecer mais uma coisa: aquelas matérias eram uma porcaria e alguns tiveram a audácia de clicar, que feio isso. Mas falando sério agora, eu escrevi um texto (bosta por sinal) e eu senti a necessidade de postar aqui no blog, talvez fosse um desejo. Claro que esse texto não mudará a rota do blog, mas eu quis trazer um pedaço do meu pessoal a vocês e relaxem, ele nem é melancólico, puuuft.

Peço a todos os bonitos lerem esse texto com o instrumental de "Can't Be Temad".



Eletrizante, chocante, ao extremo, é assim que classifico-os, todos eles, sim, são mais de um, talvez passe de dez, mas não de cinquenta. Espere só, essa luz, essa “coisa” nascer e desabrochar de dentro de ti, é algo que queima, mas não corrói, pula mas não machuca, quebra mas não deixa vestígios. 

Pode chamar de loucura, obsessão, asneira, besteira, opressão, tormento, perdição, fixação, MANIA, carência, doença, vício. Mas eu chamo de desejo. Não, desejos e quem sabe uma virtude, não só minha, de uma povo, que grita por dentro, que precisa ser ouvido, mas não deixa as vozes, quero dizer desejos, se libertarem. 

Gosto de quem diz, que dessa água não bebe. Cuidado, eu faço morrer afogado”. Quem citou isso é um mestre, com um desejo que merece ser seguido e valorizado moralmente. O filha de uma puta, conseguiu demonstrar tudo o que eu quero falar em poucas palavras, e o inútil aqui, escrevendo, escrevendo e escrevendo....

Porque o proibido é o melhor? Porque o banido é o almejado? Porque o censurado, é o mais esperado? Porque o condenado é o mais certo? Porque o vedado é o mais ultrapassado? Ó, ingratidão do destino - ai quanto drama, por favor se contenha - , queremos ser livres, mas não temos asas, queremos ficar mas temos pressa. Calados, todos fiquem quietos, escutem o sussurro deles aqui dentro de mim, gritando, implorando a liberdade. Eu quero fazer parte de algo que nem mesmo eu conheço, eu sou diferente, está no meu DNA

Ah, não é passageiro é pra sempre, é igual uma pequena veia, que leva o sangue, se ferir, pelo contrario do sangue, ele não vaza, só aumenta. A verdade é que somos humanos, temos desejos carnais, sexuais, emocionais, liberais, morais, e estamos loucamente loucos perdidos nesse mar de desejos que não sabemos como velejar. Não me mude, eu não posso ser domado, e você também não!

E por fim, eu queria falar muito obrigado a você que leu essa coisa, que eu ousei a chamar de texto, e se você gostou divulgue ara seus amigos, MENTIRA, to zoando só queria alar obrigado e encher linguiça. Até a próxima meus carretéis, espero que todos tenham gostado.

25 comentários:

  1. Realmente, nenhum ser humano, na verdade, nenhum animal (humanos não animais também, caso não saiba) quer/querem ser domados. Ninguém quer ter os limites, queremos ser livros e fazermos o que quiser. Bom texto.

    The Lord of Thrones

    ResponderExcluir
  2. Eu simplesmente curti demais! Eu não aceito limites, vamos então nos libertar.
    Que bom a sua volta! Quero ler mais essas coisas que você chama de texto! Rsrs Pra mim são dos melhores.
    Abraços!

    http://gabryelfellipeealgo.blogspot.com.br/

    PS: amei o som!

    ResponderExcluir
  3. Sábias palavras essas suas Matheus.
    Obrigada pelo comentário.
    Parabéns pelo blog.
    Se cuida, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Como ousa chamar esse texto de "isso"? Saiba que aqueles que expressam-se em textos, falam abertamente pro silêncio, já que escritas não reproduzem som algum, e é maneira mais fácil de se compreende algo. Difícil, né? Acabei de inventar, dkfnasnffefjas Adorei mesmo.

    Beijos de Neon || peersuadir.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Matheus!
    Essa foi uma bela reflexão, adorei a forma como você se expressou sobre os seres humanos não poderem ser domados. Todos querem ser livres, livres para ter sua opinião e buscar realizar seus desejos, por mais que a sociedade julgue tal comportamento.
    Adorei o texto, sempre que puder posta aqui no blog. São ótimos!

    Beijos!

    http://docemodacomestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gosto de posts diferentes assim como os seus, mais textos de sua autoria aqui por favor <3
    Adorei sua reflexão e concordo devemos ter liberdade, "Eu quero fazer parte de algo que nem mesmo eu conheço, eu sou diferente, está no meu DNA". Muito bom cara!
    E essa musica da Miley <3

    Please, Mademoiselle

    ResponderExcluir
  7. Oii,

    Eu gostei do texto :p :p
    Parabéns por ele.
    Adoro essa musica da Miley *---*

    Beijinhos,
    http://www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  8. Oii
    Nossa deixa eu respirar um pouquinho.. Esse texto me deixou até sem fôlego de tanta intensidade.
    Finalmente alguma coisa com emoção nessa blosfera! haha
    Parabéns pelo texto incrível!

    Beijos

    O Outro Lado da Raposa
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir
  9. oieeee,
    Sou Alice, dona do blog My Running Thoughts. Estou te convidando para conhecer meu blog e uma banda nova que vc vai amar <3 Conto com sua ajuda! Ja te segui!! Se quiser seguir de volta... e assinar o canal deles no youtube...
    http://my-runningthoughts.blogspot.com.br
    https://www.youtube.com/channel/UCUYObG_iP-oK51KsNpNZhAg
    Beijooooos

    ResponderExcluir
  10. Primeira vez que venho no seu blog e adorrei!
    Seu texto foi otimo!

    Bjs
    www.garotadebotas.com

    ResponderExcluir
  11. Não achei ruim seu texto. No fundo, a gente se cobra demais, eu mesma faço isso com meus posts.
    big beijos

    ResponderExcluir
  12. Cheeeeeeenty mas hoje ele tá pessúido pelo ritmo ragatanga! hahahaha
    Ameeei o texto meu lind! faço minhas as suas palavras!!!!
    o instrumental tá foda hein!
    Razô!
    beeeejo
    http://beautystopblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  13. Adorei o texto *-*

    www.vestindoideias,com

    ResponderExcluir
  14. Sua escrita esta realmente melhorando e eu estou in love com a musica

    Beijos, Raissa Galvão.
    Ray Neon blog

    ResponderExcluir
  15. Um texto desabafando sobre uma vida injusta certo ou errado?
    Ótima reflexão...

    www.chadecalmila.com

    ResponderExcluir
  16. Texto profundo, e denso.
    Cara, não mando muito bem nos textos e nem sou um exemplo a ser seguido, mas por favor, me ouça, poste mais textos como este aqui. Achei sua escrita diferente, sem rodeio e bacana de ler.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oie
    pra quem não gosta de escrever, você escreve bem demais rs
    adorei o texto and o instrumental.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  18. Adorei o seu texto, bem profundo e gostoso de ler >3<

    www.sendohipster.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Gostei muito de seu texto, você escreve bem, já estava com saudades daqui... também ando meia sumida... rs rs rs beijinhos

    ResponderExcluir
  20. Não vi bosta nenhuma nesse texto perfeito :D
    Bom, amor, ainda não conhecia seu blog, mas que bom que voltou e que bom que estou aqui, porque amei seu texto... é realmente perfeito.

    conclusoesnoturnas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Não acho que o texto ficou uma merda, gostei bastante.
    Você simplesmente me definiu ahsuahsu
    Eu quero algo proibido, algo que não posso ter, e quando ganho enjoo, não sei o que quero, mas acho que se pudesse escolher, escolheria a liberdade.
    Achei muito legal o texto :3
    Etá de parabéns!
    E eu amei a frase, realmente o autor foi um filho da puta que me pegou ahsuhauash

    Beijo!

    http://umagarotanadaencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Adorei o texto e concordo com cada palavra.
    Essa parte do mar de desejos que não sabemos navegar lacrou a noite O.o!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Um vez eu li que: "Tudo que é mais gostoso é errado, imoral, engorda e engravida".
    Mas quem pode nos julgar? Todo mundo tem essa ânsia de se libertar e fazer algo diferente dos convencionais, do que é dito como certo.

    Beijos,
    Livro de Memórias

    ResponderExcluir

É o seguinte...
x Comente se você REALMENTE leu o post;
x NUNCA PEÇA para eu seguir deu blog de volta eu sempre visito, e seu eu gostar com certeza irei seguir;
x As tags são respondidas em um ''post'' privado geralmente anexadas em um servidor;
x Repeito os outros e eu, se quiser criticar critique!
Até e obrigado pela visita XOXO :)